Principais estratégias de marketing para aumentar suas vendas

11/06/2018

Tempo de leitura: 6 minutos

Não é de hoje que as estratégias de marketing tradicionais já não surtem os mesmos efeitos sobre o consumidor. Agora mais crítico, ele percorre um longo caminho até a decisão de compra: pesquisa no Google, compara preços, pede a opinião dos amigos. Isso porque aquelas velhas campanhas agressivas soam mais entediantes do que convincentes.

Uma das grandes vantagens das novas tendências estratégicas é a possibilidade de analisar com profundidade os resultados de uma ação, seja online ou offline. Afinal de contas, com orçamentos cada vez mais enxutos, saber otimizar seu potencial é primordial.

Foi essa a nossa preocupação ao selecionar algumas estratégias de marketing que podem fazer toda a diferença no seu faturamento. Conheça cada uma e procure combiná-las para que a consistência da sua marca se reflita em vendas.

Como planejar as estratégias de marketing do seu negócio

Um dos segredos para decidir em quais estratégias investir é segmentar ao máximo o perfil do seu consumidor a partir do modelo cauda longa. Ainda que pareça mais coerente direcionar seus esforços apenas para um público, ao personalizar sua proposta, você aumenta a percepção de valor da sua marca.

Logo, diferentes segmentações exigirão diferentes estratégias. Porém, fique tranquilo! Por mais nichado que seja o seu público, sempre haverá uma alternativa adequada para chegar até ele — ou para fazê-lo chegar até você, como veremos adiante. Confira, a seguir, as principais estratégias de marketing para aumentar suas vendas.

Inbound Marketing

Lembra das campanhas inconvenientes do início do post? O Inbound Marketing abomina esse tipo de estratégia justamente porque seu objetivo é inverter os papéis. Neste caso, o próprio cliente demonstra interesse natural pela sua marca.

Porém, antes disso, o lead — como é chamado o seu potencial consumidor — desenvolve um relacionamento com sua marca. Através da oferta de conteúdos de valor, você vai educá-lo até que ele mesmo sinta a necessidade da sua solução.

Também conhecido como Marketing de Atração, colocá-lo em prática requer alguns passos indispensáveis, mas que podem ser decisivos para alavancar suas vendas.

Smarketing

Conforme sua estratégia de Inbound Marketing avançar, você vai perceber que os leads devem atender determinadas exigências para serem considerados potenciais compradores. Por isso, suas áreas de marketing e vendas (sales) devem atuar alinhadas.

No Smarketing, após sua equipe de marketing trabalhar na qualificação desses leads e identificar que atingiram maturidade suficiente, eles serão repassados ao time de vendas. Cujo objetivo é fazer uma abordagem embasada em dados.

Caso o lead não converta, ele poderá voltar ao marketing para que seja ainda mais qualificado e nutrido. O fato é que quando cada time desempenha o seu papel com eficiência, as chances das vendas aumentarem são maiores.

E-mail marketing

Não, o e-mail marketing não morreu! A diferença é que sua essência mudou e não se trata mais apenas de vender. Ele vem sendo uma das estratégias de marketing mais indicadas para você se relacionar com seu cliente e manter seu engajamento.

Você pode fazer isso ao disparar e-mails segmentados com novidades relacionadas a um público específico, dialogar abertamente sobre as necessidades do seu cliente ou mesmo enviar uma newsletter com os últimos conteúdos do seu blog.

Tudo isso, claro, respeitando as regras para que suas mensagens não caiam no spam e tenham boas taxas de abertura. Assim, você criará ótimas oportunidades de venda.

Chatbot

Os canais de contato com sua empresa se multiplicaram. Estar presente no Messenger, WhatsApp e outros aplicativos de mensagem instantânea é fundamental se você trabalha com serviços e precisa prestar suporte 24h ao seu cliente, por exemplo.

Os chatbots são softwares que se baseiam em regras e em inteligência artificial para conversar com o consumidor. Imagine ter um robô que resolva — ou ao menos amenize — o problema de um cliente fora do horário comercial!

Se você trabalha com produto, melhor ainda: mesmo em períodos de alta demanda, você não deixará de converter suas vendas por falta de atenção. Experimente!

Marketing de Influência

O uso de personalidades em estratégias de marketing tomou outras proporções com o surgimento dos microinfluenciadores digitais. O fato é que até mesmo pequenas empresas podem associar sua marca a um influenciador e garantir bons resultados.

Com o Marketing de Influência, é possível obter altos índices de engajamento e segmentação mesmo com o baixo alcance dos microinfuenciadores. Isso porque seu investimento na ação também será reduzido.

Se você quiser ter uma visão geral sobre essa estratégia, acompanhe a série “Marketing de Influência – uma nova relação entre você e seu cliente”, promovida pela Kuak.

Eventos

Participar e promover eventos são estratégias capazes de criar excelentes oportunidades de venda, sobretudo no mercado B2B. Ao reunir um público qualificado para oferecer uma experiência exclusiva, sua empresa constrói e solidifica seu networking.

Por muito tempo, os eventos foram vistos como meros encontros com o objetivo de ganhar credibilidade ou gerar reconhecimento de marca. Porém, eles têm sido usados ativamente para converter participantes em clientes, como nas feiras de negócios.

Se você não tem estrutura para organizar sua própria feira, uma boa dica é começar a participar dos eventos do seu setor, onde você também fará bons contatos.

Rádio

Assim como o e-mail marketing, o rádio é uma das estratégias que mais tem se adaptado à nova realidade do marketing. Segundo a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), em 2018 a expectativa é crescer acima da inflação.

Os investimentos em tecnologia estão fazendo com que qualquer dispositivo móvel tenha acesso à rádio. Some a isso a característica de ser um veículo autêntico, que chega a qualquer lugar e impacta uma audiência fiel e assídua.

Portanto, se você quer testar como sua marca pode se comportar no meio offline, o rádio é uma alternativa de baixo investimento com retornos interessantes.

Para qualquer dessas e de outras estratégias de marketing que escolher, conte com a parceria de uma agência. Assim, enquanto delega a execução a profissionais especializados, você pode se concentrar em atender os clientes que resultarem das ações, aumentando as possibilidades de venda.

Se você não sabe por onde começar a definir um parceiro estratégico, veja nossas dicas para escolher uma agência digital para sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *